Atendimento: 2ª a 6ª feira 08h00 às 11h00 (Horário MS)
(67) 3209-2500

Acessibilidade

A+
A-

Temperatura

Prefeitura Municipal de Jardim inicia Coleta Seletiva de Lixo em novembro


Publicado em: 09/11/2018 22:40 | Fonte/Agência: Assessoria de Comunicação | Autor: Daiane Becker

 Prefeitura Municipal de Jardim inicia Coleta Seletiva de Lixo em novembro

Pensando em melhorar a qualidade do serviço prestado e também na preservação do meio ambiente, a Prefeitura Municipal de Jardim realizou alguns ajustes na coleta de lixo do município. A partir deste mês, novos roteiros de coleta serão realizados e a comunidade poderá separar o lixo, pois o município contará com a coleta seletiva.

Conforme a equipe da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, o novo roteiro de coleta passa a valer a próxima segunda-feira (12), conforme cronograma: https://bit.ly/2BNMiMI

Saiba como reciclar e separar o lixo para a coleta seletiva

Muito se fala sobre os cuidados que devemos ter com o meio ambiente, como diminuir nossas ações prejudiciais e como tentar recuperá-lo. Um dos pilares para o sucesso na recuperação do nosso meio ambiente é a coleta seletiva de lixo, que auxilia na reciclagem de diversos tipos de materiais que seriam descartados em aterros.

Para isso, é fundamental entender o que é a reciclagem e como funciona a coleta seletiva. A reciclagem é o processo de reaproveitamento do lixo descartado, dando origem a um novo produto ou a uma nova matéria-prima, com o objetivo de diminuir a produção de rejeitos e o seu acúmulo na natureza, reduzindo assim o impacto ambiental.

O primeiro passo para a realização do processo de reciclagem é a coleta seletiva, que nada mais é do que separar o lixo por material, e dar o destino para o reaproveitamento. Geralmente, divide-se primeiramente o material reciclável do não reciclável e, em seguida, separa-se o que é reciclável em metais, plástico, papel e vidro.

O QUE É COLETA SELETIVA?

Coleta seletiva é o ato de selecionar e coletar materiais já usados, mas que são recicláveis, como o papel, o plástico, vidro e metal. De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, a implantação da coleta seletiva é obrigação dos municípios e metas referentes à coleta seletiva fazem parte do conteúdo mínimo que deve constar nos planos de gestão integrada de resíduos sólidos dos municípios.

Para realizar a coleta seletiva em Jardim, a comunidade deverá prestar atenção no dia em que haverá a coleta desse material. Dessa forma, a população deve separar em sacolas cada tipo de produtos, como vidros, papeis, metal, plástico e embalagens de longa vida.

Outra recomendação é para que a comunidade tome cuidado com o descarte de vidros. A orientação é que o munícipe possa identificar o lixo, separando-o do lixo convencional para evitar acidentes com aqueles que recolhem o material ou o separam na triagem.